.

.

UM SALTO DE FELICIDADE

UM SALTO DE FELICIDADE

.

.
.

QUEM É VOCÊ?

.

SOMENTE TUA

.

.

.

.

.

.

VISITANTES

. (Mapa inserido no Blog em 08.07.12)

terça-feira, 28 de junho de 2011

295 - AH! ESTE AMOR


AH ! ESTE AMOR

De onde vem essa força que
me prende a seus olhos?

Para onde vão esses prantos
que por você eu choro?

Que fazer para obtê-lo por um momento?
Como fazer para tirar sua imagem

doce do meu pensamento?
Como perder-me por um instante

em seus cabelos?
Como fazer você responder

aos meus apelos?
Meus olhos cantam uma
canção de amor por ti,
canção que nem no mar jamais ouvi.

Se eu pudesse tocar seu rosto
em meio à chuva
e lentamente tocar seus lábios
dóceis e quentes,
tocar seu corpo e nos seus braços,
fechar os olhos lentamente...

Sei que não adianta dizer mais e mais poesias,
pois nenhuma delas explicariam você.
Só me resta fechar os olhos e te esquecer,
meu coração deixar chorar, deixar sofrer,
e em meu peito sua imagem,
aos poucos, deixar morrer...


MÔNICA FREITAS
(Autora)
________

ROSA_VERMELHA_7
(Roza Madallena)

294 - VIRTUAL


VIRTUAL


Nunca te vi,

Não conheço o teu corpo,

Mas eu te sinto

Mesmo que estejas longe.

Não me olhei ainda

Na luz dos teus olhos

E nem provei

O gosto da tua boca.

Mas eu te quero,

Mesmo sabendo

Que nunca te terei.

Não experimentei o teu toque

E nem sequer te acariciei,

Mas sinto o teu perfume no ar.

Sucumbi à tua sedução,

Mesmo sabendo

Que nunca te encontrarei.

Mas não faz mal,

Pois alma é mais do que corpo.

E, se não te tenho ao meu lado,

Que o vento sussurre para ti

Minhas palavras de carinho.

Quero também que ele diga

Que alguém te ama

Do jeito que mais sabe,

Com tudo o que é capaz.

E se pensares no amor,

E em tudo o que ele traz,

De felicidade, na vida,

Ora, isso não é nada,

Pois te amo muito mais!

Alma é mais do que corpo.

E minha alma seguirá

Sempre amando a tua,

Mesmo que nossos corpos

Nunca possam se encontrar.

Mas chegará o momento,

Por alma ser mais que corpo,

Que seremos só uma alma,

Um coração e um só pensamento.


C. ALMEIDA STELLA
(Autora)
_______


ROSA_VERMELHA_7
(Roza Madallena)

293 - SALAMANDRA


SALAMANDRA

Elemental do fogo!
Salamandra
Sacerdotisa...Sou.
E quero.Quero tudo.
Quero o todo.
O fogo me hipnotiza...
Aquece-me.Espalha-se.
E eu irradio...Luz Energia Calor.
Fogo do amor Da paixão
Fogo que guia meu destino
Que ilumina meu chão.
Fogo que mata minha fome
Que me leva até o homem
Fogo que destrói
Se fica ou se some...
E me consome... Quando vai. 

(DESCONHEÇO AUTORIA)
_______

ROSA_VERMELHA_7
(Roza Madallena)

292 - SEDUÇÃO, AMOR E PAIXÃO


SEDUÇÃO, AMOR E PAIXÃO

É na natureza
Que a beleza vais encontrar
Nela deixarei para tua certeza
O meu amor a te esperar.
Em seresta canto tua beleza.

Em fantasias fico a madrugar.
Com você farei toda safadeza
Que o meu coração mandar.
Vou tirar toda tua pureza.

Quando o teu amor conquistar
Teu corpo vou despir com sutileza
Palavras de carinho vou sussurrar
E depois com muita clareza.

Sentirás o teu corpo a me desejar
Vou tocá-lo com muita delicadeza
Para tua inocência não violar
Vou conduzi-la ao leito com leveza.

E lentamente, a minha carícia irá se entregar.
Vou possuí-la com nobreza
Até o momento que irás me gritar
Toma-me por inteiro sem delicadeza.

Da maneira que me desejar
Leve-me a sentir a grandeza
Da sedução, do amor e da paixão, ao me realizar.

GUERREIRO DA LUZ
(Autor)
________

ROSA_VERMELHA_7
(Roza Madallena)

291 - SÓ POR VOCÊ


SÓ POR VOCÊ 

Ah...se eu pudesse.
Se eu pudesse colher estrelas,
todo dia eu levaria uma para você.
Se eu pudesse chegar ao sol
eu pegaria um raio de luz só para você.
Se eu pudesse encontrar o pote do arco iris
eu daria todas as cores para você.
Eu faria isso tudo só por você!

Se eu pudesse chamar todos os passarinhos
eu os faria cantar para você.
Se eu pudesse construiria uma montanha só sua
para que você descansasse mais perto do céu.
Se eu pudesse eu isolaria uma floresta onde só você
pudesse entrar, ir ao seu próprio encontro e respirar a paz.
Eu faria isso tudo só por você!

Se eu pudesse eu lhe levaria todas as alegrias
do Universo naqueles dias em que se sente triste.
Eu criaria um lugar especial feito só para você.
Um lugar onde você pudesse achar serenidade,
estar só consigo e se refazer dos seus cansaços.
Se eu pudesse apagar os seus problemas
eu usaria toda a minha força para faze-los desaparecer.
Eu faria isso tudo só por você!

... Mas não sei colher estrelas, não posso chegar ao sol
nem sei aonde está o pote do arco iris.
Não sei chamar os passarinhos
nem sou capaz de construir montanhas.
Não tenho licença para isolar uma floresta
nem posso livrar você de todos os problemas.
Mas eu sei que posso dar-lhe o que de mais forte existe em mim:
esta vontade de ver você feliz e de estar sempre aí ...
... com você até o fim.

(AUTOR DESCONHECIDO)
________

ROSA_VERMELHA__7
(Roza Madallena)

segunda-feira, 27 de junho de 2011

290 - BANHO AROMÁTICO


BANHO AROMÁTICO
 
Pétalas
de rosas vermelhas
banho aromático
sensual
enigmático...
acolhe-me
perfuma-me
provoca-me sensações
de frescor
e prazer
sensualidades à flor da pele
borbulham
mergulham
tomam conta do meu ser.

 

CLAUDETE SILVEIRA
03.05.09
________

ROSA_VERMELHA_7
(Roza Madallena)

289 - PECADORA

Pecadora

Tinha no olhar cetíneo, aveludado,
A chama cruel que arrasta os corações,
Os seios rijos eram dois brasões
Onde fulgia o simbolo do Pecado.

Bela, divina, o porte emoldurado

No mármore sublime dos contornos,
Os seios brancos, palpitantes, mornos,
Dançavam-lhe no colo perfumado.

No entanto, esta mulher de grã beleza,

Moldada pela mão da Natureza,
Tornou-se a pecadora vil. Do fado,

Do destino fatal, presa, morria

Uma noute entre as vascas da agonia
Tendo no corpo o verme do pecado!

AUGUSTO DOS ANJOS
(Autor)
________


ROSA_VERMELHA_7
(Roza Madallena)

288 - MEU CORPO TEU NINHO


MEU CORPO TEU NINHO


A simples lembrança dos teus dedos na minha nuca me arrepiam
Teu cheiro me habita a alma e meu peito, arfante, te recebe.
Me abraça, vem dormir comigo
Me ajuda a apagar do peito aquela dor do querer.
A noite se instala em mim.
Lá fora, apenas o silêncio da noite do teu olhar.

Vem.
Ocupa com teu corpo esse abrigo que te chama.
Volta a ser minha morada, teu abrigo
Faz de mim tua caverna, teu porto seguro.
Faz do meu corpo teu ninho.

Atordoada pelas saudades crescentes,
meu corpo todo se ouriça à tua procura.
 

FONTE:
http://paixaoimortal2.vilabol.uol.com.br
________
ROSA_VERMELHA_7
(Roza Madallena)



domingo, 26 de junho de 2011

287 - SABOR DO PECADO


SABOR DO PECADO

Em mim vai encontrar 
portas misteriosas
e labirintos de sentimentos.
Uma mulher... 
Uma fêmea nua que te seduz.
O que posso te dizer? 
O que posso te mostrar?
O que poderia te oferecer 
os meus desejos mais secretos?
Meus sonhos mais confusos?
Neles existem beijos, 
símbolos, magia
e poder que abrigo em minhas curvas.
Quando você me desejar,
lembre-se de meus desejos reprimidos.
Eles estão diante de seus olhos,
ao alcance de suas mãos.
Venha descobrir 
o sabor do pecado...

Estarei te esperando amor 

como uma gata selvagem...



  (Desconhecida a autoria)
 ________

ROSA_VERMELHA_7
(Roza Madallena)

286 - ADENTRA-TE


ADENTRA – TE

Fecho-me dentro do sol,
Passeio pelos sonhos
E trago-te para dentro de mim!
Derretes-te no meu íntimo,
Vagueias no labirinto do meu prazer…

Encontras a passagem para o meu íntimo,
Perdes-te por entre as pétalas de mim…

Num beco sem saída colhes-me
E o meu brilho se faz maior!
Escondo-te nos meus olhos,
Toldo o espaço
E guardo a tua fuga
Nos meus olhos doces…

Corre ao meu instante,
Impõe-te na distância,
Guarda a minha chave nos teus dedos,
Adentra-te em mim…

Acorda-me Mulher…
Repousa Homem…
Eu, Tu…
Nós…

GORETIDIAS
(Autora)
________

ROSA_VERMELHA_7
(Roza Madallena)

sábado, 25 de junho de 2011

285 - ESTA MADRUGADA




ESTA MADRUGADA

Esta sede de amor que não é  extinta
Dança dos sentidos, 

num sentir de cor e alma
Espera por mim na enseada assaz faminta
Um cheiro agreste exala 

um pulsar de vida calma

Na tua boca sinto o néctar rubro que aquece
Teus olhos de brisa são vendavais 

de claridade
Esta madrugada de asas mornas 

não se esquece
Na lonjura em que te procuro, 

espero a eternidade...

No meu peito nadam razões caladas
Sinto o mar que viu meu sono arder
Irrompe a aurora em madrugadas iluminadas
Desfolho sílabas de ouro, 

no canavial do meu ser.

Estou perdida entre o tudo e o nada
Bebo o êxtase, 

o delírio de suspiros irreverentes
Bebo a luz infinda da sedutora madrugada
Sinto na minha pele 

teus gestos incandescentes.

LINA PINA
(Autora)
______

ROSA_VERMELHA_7
(Roza Madallena)

segunda-feira, 20 de junho de 2011

284 - TOTALMENTE TUA - INTEIRAMENTE NUA


TOTALMENTE TUA – INTEIRAMENTE NUA


Despi minha armadura envelhecida
Vesti-me de desejo e paixão
Ofereci-te minha reserva de carinho
Abri-te as portas do meu coração.

Banhada de perfume da ilusão
Envolvida com feitiço da lua
Entre lençóis, vinho e música
Encontrava-me totalmente tua.

Na tua chegada estava nua
Aceitei teu buquê de estrelas
Nos teus olhos pude vê-las
Na claridade que vinha da rua.

Bebi teus beijos de desejos
Embriaguei-me na tua boca
Tremi nos teus braços, quase louca.
Nas tuas carícias eu fraquejo.

Nossos corpos colados atrevidos
Na linguagem erótica de amantes
Envolvendo todos os sentidos
No teu brilho intenso, diamante.

Tuas mãos na minha pele, arrepio.
Lamentos e gritos sussurrantes
Tua língua no meu corpo febril
Na poderosa chama delirante.

Dentro de mim a volúpia explode
Nos murmúrios de fêmea saciada
Sinto teu cheiro provo teu suor
No teu veneno fica desmaiada. 

(AUTORIA DESCONHECIDA)
_______


ROSA_VERMELHA_7
(Roza Madallena)

segunda-feira, 13 de junho de 2011

283 - QUERO UM AMOR


QUERO UM AMOR...


Que sinta minha falta
Que goste do meu cheiro
Que meu corpo
Queira por inteiro
Quero um amor
Que me dê alegrias
Participe do meu dia-a-dia
Que me mostre a realidade
Mas viva as minhas fantasias
Quero um amor
Que me chame de princesa
E que nessa realeza
Viva toda a intensidade
Desse amor felicidade
Quero um amor
Que me cubra com seus beijos
Doce loucura, desejos!
Enlouqueça-me com sua sedução,
Dê vazão ao coração!

CLAUDETE SILVEIRA
(Autora)
________


ROSA_VERMELHA_7
(Roza Madallena)

282 - VEM! ESTOU A SUA ESPERA


Vem! estou a sua espera...


Pronta, a suspirar, por teus carinhos a desejar...
A espera daqueles toques maliciosos,
Quando em meu corpo voce vem buscar, os meus pontos cruciais,
Querendo ver em meus olhos, os desejos mais sedentos...
Que eu sinto por voce, no momento de te amar.

Vem! estou a sua espera...
Para ser seu objeto cobiçado, a muito tempo desejado...
Que descubras em meu corpo a anestesia perfeita,
Para aplacar teu corpo inflamado, por desejos escondidos...
Em teus sonhos mais insanos, nos teus santos desejos profanos.

Vem! estou a sua espera...
Quero me entregar totalmente nua, em teus braços me abandonar...
Ser a loucura que te domina, tornando imortal o teu gozo real,
Fantasias ... Desejos loucos...sonhos?

Vem!...

Num instante sublime, do inferno ao céu eu quero te levar...
Demostrando a força que eu retenho,
No momento certo de te amar. 

ENEIDA L.LEMOS
(Autora)
________


ROSA_VERMELHA_7
(Roza Madallena)

281 - DEIXA-ME


DEIXA-ME


Deixa-me pensar que sou amada
Deixa-me sonhar.

Deixa-me sentir a doce emoção
de te ter em meus braços,
sentir o pulsar descompassado do teu coração,
beber no cálice da tua boca,
embriagando-me em teus beijos apaixonados.

Deixa-me sentir a essência da tua pele,
penetrando em meus poros
Deixa-me navegar em teu corpo,
extasiando-me nas mais belas
e ardentes sensações.

Deixa-me te amar,pleno e intensamente
quero viver o agora
Ñ sei se haverá o amanhã
Deixa-me viver esse momento,
numa entrega total de corpo e alma,
como se fosse o nosso único e último instante
deixa-me viver...

ISABEL SANTOS
(Autora)
________


ROSA_VERMELHA_7
(Roza Madallena)

domingo, 12 de junho de 2011

RV280- É PRECISO TER CORAGEM (Versão II)


É PRECISO TER CORAGEM 


Ah!... meu amor... 
se você soubesse...
dor aperta o peito...
 dilacera...
certamente... daria seu jeito... 
viria depressa...

Sei que me olhas...
queria que me enxergasse... 
quem sabe chegando bem perto...
no meu...
o teu coração seria desperto.

Te amar... te adorar... 
alegra-me... mas inquieta-me...
tirando minha atenção...
fico dispersa...
pensativa... 
passiva... 
atraída... 
é pura emoção.

Seja lá o que esteja fazendo...
meu pensamento...
tem sua imagem...
para não dizer te amo...
É preciso ter coragem.


ROSA_VERMELHA_7
(Roza Madalena)
Autora
30/07/07 


Imper



ATENÇÃO:
O visitante que gostou do que leu e quiser
publicar/postar, por favor me passe o crédito
(mencione minha autoria)

279 - UM DIA QUALQUER


UM DIA QUALQUER

Carente e sem afeto
Imagino coisas
Ouço sua voz rouca
sussurrando no meu ouvido
Teu perfume doce
Invade o ambiente
Inebriando minha’lma
Suas mãos macias
Provocando arrepios
Eriçando meu corpo
Descobrindo caminhos
Minha pele exala o elixir
Do amor,
Do desejo
Da paixão
vermelho, adocicado
com sabor do pecado
movido pela imaginação.
Sinto calafrios
Suor escorre pelo meu corpo
Procuro no ar
seus lábios carnudos
Sua língua
Sua boca suculenta
Sinto a urgência do beijo profundo
Fecundando minhas vontades
Nessa viagem insone e sem volta
Querendo morrer/viver de amor
Sou todo delírios
Num momento insano
E louco
Um amante apaixonado
Com fome
Com sede
Que acordado sonha com Você. 

(S. Noah – Van Albuquerque)
Autoria
_______


ROSA_VERMELHA_7
(Roza Madallena)

278 - INTENSIDADE..."


"INTENSIDADE..."

Tudo em mim é intenso
E devastador
Sou impulsiva e passional
Amo com paixão
Dispo-me da razão
Levo-me pela emoção
Entrego-me!..
Na alegria
Vivo o momento
Na dor , calo-me!..
Se ferida
Choro, grito
Deixo-me abater
Mas ressurjo
Como uma fênix
E recomeço
Sou assim.
Pele, anseios e coração

MARIA BONFÁ
(Autora)
________


ROSA_VERMELHA_7
(Roza Madallena)

quarta-feira, 8 de junho de 2011

277 - FAZ-ME SEU POEMA...

FAZ-ME SEU POEMA...


Construa em mim suas rimas...
Escreva seus versos em meu corpo...
Torne-me sua... Letras e sentimentos... Sua...
Exalte em mim seus desejos
Anseie por meus sentidos
Respire em mim sua vida
Enlouqueça nossas vontades
Faça-me sua, nua, crua, viva em seu corpo
Aqueça-me com seu calor
Entorpeça meus sentidos com seu perfume
Inspire nossas essências
Iguais, eternas, famintas de nós dois
Acelere nossos batimentos
Aperte-me em seus braços e me diga que é meu lugar
Permaneça em mim quando o dia chegar
Deixe o Sol testemunhar a união que a lua já viu
Permaneça em mim quando eu calar
Quando eu falar
Quando eu sorrir e quando eu chorar
Permaneça em mim como rio corre para o mar
Seja meu mar, meu céu
Meu aconchego, meu cobertor
Seja pão e água
Seja vinho e mel
Seja meu, inteiro e vivo em mim
Enquanto eu me faço sua, inteira e plena, sua.

Me faça seu poema?

ANA PAULA
(Autora)
________


ROSA_VERMELHA_7
(Roza Madallena)

segunda-feira, 6 de junho de 2011

276 - QUANDO...


QUANDO...


Quando te encontrar,
Em algum momento,
Em algum lugar,
Prisioneira serei,
De seu surpreso olhar.

E diante do que não posso negar,
Na eternidade daquele instante,
Sentirei a chama do amor,
Derretendo os pilares da minha razão.

Lambe-me os seios
desmancha-me a loucura
usa-me as coxas
devasta-me o umbigo
abre-me as pernas
põe-nas nos teus ombros

e lentamente faz o que te digo...

MARIA TERESA HORTA
(Autora)
_________

ROSA_VERMELHA_7
(Roza Madallena)

domingo, 5 de junho de 2011

RV275 - NAMORAR TEUS LÁBIOS

NAMORAR TEUS LÁBIOS


Hoje, meu desejo não é 
ser possuída como de costume.
Inebriante atração eu sinto 
pela tua boca,
Num ardiloso e perspicaz 
beijo obcecado.
Meus lábios rubros e ferventes,
só querem se perder 
nos movimentos
obscenos da tua língua.

Teus lábios, 
origem de apetite e sede gritantes,
macios como seda, 
aroma de cravo cheiroso.
Teus lábios, 
frutos de inquietante aspiração,
me envolvem visceralmente, 
onde minhas emoções
querem aflorar, 
morrer, renascer.
Teus lábios, 
se entregam, se desfalecem aos meus
que são amantes dos seus.

Hoje, só quero invadir tua boca
como o mar invade a areia.
De olhos fechados, 
murmúrios emudecidos.
Febril e eriçado 
me tomes com paixão.
Sem ser preciso te desnudar
nem me mostrar 
atrevidamente nua,
te seduzo meu amor.
Chegarmos a convulsões
de desmedidos prazeres múltiplos.

Eternizando 
esse sublime momento
de namorar teus lábios.


ROSA_VERMELHA_7
(Roza Madallena)
Autora
Em 14.04.10 – 21:50hs.

Imper


ATENÇÃO:
O visitante que gostou do que leu e quiser
publicar/postar, por favor me passe o crédito
(mencionar minha autoria)

quinta-feira, 2 de junho de 2011

274 - QUEM É ESTE HOMEM


QUEM É ESTE HOMEM


Quem é este homem
que me canta em versos
que me tira o sono
que me faz mundana
que me deixa insana
prá me maltratar.

Quem é este homem
que me põem na cama
e estremeço
enlouqueço
perco o tino e desatino.

Quem é este homem
que com beijos cobre
o meu corpo ardente
e se cola quente
a este corpo meu.

Quem é este homem
que arranca de mim gemidos
aquece a minha alma
e com muita calma
me transforma em brasa.

Quem é este homem
que faz da fantasia realidade
de cada momento loucura
e num grito rouco
que parece louco
entra em minha vida
e vem me devorar.

LIANA OLIVEIRA
(Autora)
________


ROSA_VERMELHA_7
(Roza Madallena)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...